sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Para sempre

Que continue a parar para sentir o vento a passar por mim e a contar-me histórias que vêm de longe...
Que continue a sentir o sol a beijar-me a pele de mansinho...
Que continue a apreciar a perfeição da natureza desenhada com sal na imensidão do mar...
Que continue a reparar nas expressões que ninguém vê e nos sorrisos disfarçados...
Que continue a fechar os olhos só para ouvir o universo...
Que para sempre saiba alimentar-me de pormenores...
Que para sempre more, em mim, a poesia...

6 comentários:

Gisela disse...

Que continue para sempre esse gosto pela poesia que tão bem é escrita por ti.
Um grande beijo

JOICE WORM disse...

Filipa há regressado... e com letras de poesia cheias de sentido... Que continue a virem coisas boas ao meu encontro,
como visitar o seu Blog, por exemplo. Bjks para ti, lindíssima!

Moon_T disse...

que seja...




obrigado

Parapeito disse...

...e que para sempre cresçam flores no jardim do teu coração...para perfumar as palavras que nos ofereces.

:)***

blueminerva disse...

E que a partilhes sempre connosco.
Beijocas

Anônimo disse...

quando voltares diz.
porque pelo o que parece nao cá ficast por portugal para sempre...
e por isso quando voltares diz.

nao que sejam necessarias introduçoes mas quem te pede é o "Iluminati"

xD bjiz