quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Vício

Quero viver de todos os ângulos!
Quero beber desta existência,
que preenche e arranca.
Quero gozar a vida e beijá-la na boca.
Viver é o vício que me corta
e nesses lanhos fundos,
escorre-me o sangue da insatisfação...
Quero transbordar!
Quero ser irmã da noite
e filha da natureza.
Quero sugar as madrugadas
e ter a aurora na garganta.
Dói-me esta vontade,
sentida e calcada.
Porque provar água da vida
É provar água salgada.


Este escrito já não é novo, mas hoje é exactamente o que sinto...

8 comentários:

filipa e artur disse...

ah a insatisfação, a insatisfação!... ;) bj

tb disse...

não é novo mas continua a ser muito belo. .)
beijinhos

JOICE WORM disse...

Há dias assim, Filipa. Mas o importante é ter o dia seguinte para contar os peixes da água salgada que bebemos...
Viva a vida! Doce ou salgada, o que vale é respirar fundo e dar mais um passo à frente.
Te adoro!! Sabes escrever o que vem n'alma!...

filipa e artur disse...

Prémio Dardos, para este blogue :http://muitaterra.blogspot.com/2008/10/movimentos-outros.html

JOICE WORM disse...

1,2,3... Atenção que estou enviando inspiração... Que tal falar do que hoje lhe vai na alma...

Cátia disse...

E se as palavras preenchessem o vazio, depois de ler este blog, esse vazio desaparecia de certeza absoluta. Muito bonito. Parabéns.

zuogmi disse...

eu também quero

Parapeito disse...

Se me permites a comparação....lembraste me Torga :)

Gostei...muito****